Thiago Faria é o terceiro promotor assassinado em Pernambuco em 12 anos

Depois da promotora de Justiça Maria Aparecida Clemente, que foi morta com dois tiros na cabeça, no lixão de Igarassu, no dia 07 de abril de 2001, e do promotor Rossini Alves Couto, assassinado a tiros quando jantava num restaurante, em Cupira, em maio de 2005, mais um promotor de Justiça de Pernambuco é assassinado. Trabalhando na cidade de Itaíba, no Agreste do estado, Thiago Faria Soares, 36 anos, foi morto na manhã desta segunda-feira quando seguia para o trabalho.

Thiago Faria foi morto a caminho do trabalho. Foto: Reprodução/Facebook

Thiago Faria foi morto a caminho do trabalho. Foto: Reprodução/Facebook

Thiago teria sido atingido por mais de 20 disparos de arma de fogo. Uma verdadeira força-tarefa foi montada para tentar capturar os criminosos que estavam no Fiat Uno que trancou o carro do promotor. A noiva da vítima estava no veículo no momento do crime, mas conseguiu escapar dos disparos. O procurador geral de Justiça de Pernambuco, Aguinaldo Fenelon, seguiu para o município para acompanhar as investigações sobre o caso.

Já a Secretaria de Defesa Social mobilizou a Polícia Militar e Civil do Sertão e do Agreste, além de mandar dois delegados da Polícia Civil para Itaíba. Os delegados Joselito Kehler e a delegada Josineide Confessor estão à frente das investigações. Além das Polícias Civil e Militar, a SDS pediu o apoio da Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal. Nos casos da morte dos promotores Rossini Couto e Maria Aparecida Clemente, os suspeitos foram presos e condenados pelos crimes.

 

Travestis e transexuais terão celas exclusivas em presídios

Por Julia Chaib, do Correio Braziliense

Vítimas constantes de abusos em presídios, homossexuais, travestis e transexuais devem ter o direito de cumprir pena em alas separadas de outros detentos. O Conselho Nacional de Combate à Discriminação contra Lésbicas, Gays, Bissexuais e Travestis, formado por 15 órgãos do governo federal e 15 da sociedade civil — ligado à Secretaria de Direitos Humanos (SDH) — já tem um esboço de uma resolução que recomenda a criação desses espaços.

Na Paraíba, as novas alas funcionam há cerca de dois meses (JOSÉ LINS/SECOM-PB)

O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) também deve elaborar uma recomendação neste sentido. Enquanto não há uma regra oficial, a SDH tem termos de compromisso assinados com 16 estados para elaborar ações voltadas à população carcerária LGBT e à capacitação de profissionais para lidar com o grupo. A principal medida é, justamente, a construção de alas separadas em presídios.

Hoje, Mato Grosso, Paraíba, Rio Grande do Sul e Minas Gerais reservam espaços exclusivos para os detentos homossexuais. A partir do ano que vem, a Bahia também deve adotar o sistema. Segundo o coordenador da área LGBT da SDH, Gustavo Bernardes, embora não exista uma estatística oficial, a secretaria recebe constantemente denúncias de abusos sexuais, psicológicos e tentativas de homicídios contra homossexuais apenados.

“Pensamos na vida. Se ela está em risco, preferimos mantê-las (travestis e transexuais) separadas. Por isso, estamos construindo uma orientação dentro do Conselho Nacional LGBT e vamos encaminhá-la ao Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária”, disse. A resolução deve ficar pronta no fim do mês e vai propor que a entrada na ala exclusiva seja uma opção do detento.

O conselheiro do CNJ Guilherme Calmon considera a medida importante. Para ele, a proposta é encarada como uma forma de prevenir a violência e reconhecer a pessoa como ela se vê. Ele cita o exemplo das transexuais, que se reconhecem como mulher, mas têm que cumprir pena em unidades masculinas, a não ser que tenham se submetido à cirurgia de mudança de sexo.

“Trata-se do grupo mais sujeito a violações. É a parcela mais vulnerável. Por isso, a criação das alas pode vir a ser uma recomendação do CNJ”. Para ele, a orientação pode complementar a resolução do CNJ deste ano que prevê o casamento entre pessoas do mesmo sexo e permite visitas íntimas nos presídios. “Devemos iniciar um levantamento sobre a questão, provavelmente no fim do ano”.

Alô, Corpo de Bombeiros, alguma novidade do concurso ainda neste ano?

O blog tem recebido e-mails, constantemente, questionando se o Corpo de Bombeiro de Pernambuco irá abrir inscrições para concurso público ainda neste ano. Muitas pessoas estão se preparando há mais de um ano para enfrentar as provas e até agora não houve mais notícias do concurso. Alô, Corpo de Bombeiros, ou governo do estado, alguma notícia para os concurseiros?

No final do ano de 2012, o governo anunciou que estavam sendo tomadas as medidas administrativas para a abertura de certame, como a elaboração do Termo de Referência para escolha da Instituição que iria elaborar o concurso para Oficiais PM e BM. O edital estava previsto para sair no início do ano deste ano. Para Oficiais da PM e BM se faz necessário ter o nível superior. Seriam, a princípio, 20 vagas para oficial do Bombeiro Militar, podendo ter qualquer formação de nível superior. Para a PM, seriam, inicialmente, 100 vagas, onde é necessário ser bacharel em direito. A idade é de 28 anos no ato da inscrição do certame.

Identificado suspeito de ter matado filho do ex-deputado Luciano Moura

Já foi identificado pela polícia o homem suspeito de ter assassinado o estudante Lenin Linhares Moura, 15 anos, na noite da última sexta-feira. Na manhã desta segunda-feira, a Polícia Civil de Pernambuco, através do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), irá apresenta, às 9h, a foto do suspeito do crime.

Estudante foi executado em Olinda. Foto: Reprodução/Facebook

Estudante foi executado em Olinda. Foto: Reprodução/Facebook

Lenin, que é filho do ex-deputado estadual e atual secretário de governo de Olinda, Luciano Moura, foi morto a tiros, no bairro do Bonsucesso, em Olinda. A Delegada Josineide Confessor falará sobre os detalhes das investigações que apontaram o nome do suspeito do crime. A apresentação acontecerá na sede operacional da Polícia Civil, na Rua da Aurora.

Leia mais sobre o assunto em:

Polícia procura suspeitos de matar filho de ex-deputado estadual

Detentas da Colônia Penal do Recife viajam no mundo da leitura

Por Felipe Torres, da editoria do Viver

Cartas enviadas pelas 800 detentas da Colônia Penal Feminina do Recife para gestores da unidade são quase sempre pedidos de visitas conjugais e empregos na própria penitenciária. A cada dois anos, no entanto, elas ficam na expectativa da renovação do acervo da biblioteca, possível por meio do bônus de R$ 1 mil concedido desde 2007 pela Secretaria de Educação do Estado para compras na Bienal Internacional do Livro de Pernambuco (que vai até domingo, dia 13, no Centro de Convenções).

Embora as detentas ainda não saibam, este ano o governo suspendeu o benefício, assim como fez com aquele concedido aos professores da rede estadual (R$ 200 para 30 mil docentes).

Foto: Roberto Ramos/DP/DAPress

Meses antes da Bienal, já havia pedidos: a trilogia erótica Cinquenta tons, de E.L. James, Kairós, de Padre Marcelo Rossi, Estação Carandiru e Carcereiros, de Dráuzio Varella e livros espíritas de Zíbia Gasparetto. “Representa uma grande perda, pois a literatura contribui com a qualidade das aulas realizadas aqui, melhoram a autoestima e visão de mundo das detentas, ajudam elas a refletir sobre os erros. A gente recebia bônus há pelo menos quatro anos”, comenta a diretora da escola da cadeia, Maria Eliande Andrade.

Assista ao vídeo com entrevistas sobre o projeto de leitura na Colônia Penal Feminina do Recife, no Engenho do Meio, antiga Bom Pastor:

Leia matéria completa no portal do Diario de Pernambuco, na editoria Viver

Polícia procura suspeitos de matar filho de ex-deputado Luciano Moura

A Polícia Civil está em diligências desde o início desta manhã para tentar prender os suspeitos de terem assassinado o estudante Lenin Linhares Moura, 15 anos, filho do ex-deputado estadual e atual secretário de governo de Olinda, Luciano Moura (PCdoB).

Lenin foi assassinado a tiros na noite dessa sexta-feira, em OIinda. O corpo do garoto foi sepultado nesta tarde, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista. A delegada Josineide Confessor está à frente das investigações. O crime aconteceu no bairro do Bonsucesso e a polícia ainda não informou se já tem pista dos suspeitos nem o que pode ter motivado o assassinato.

Leia mais sobre o assunto em:

Filho de ex-deputado assassinado no Bonsucesso, em Olinda

Crianças pedem paz para o bairro de Santo Amaro, no Recife

Por Marcionila Teixeira

Além dos próprios moradores de Santo Amaro, no Recife, pouca gente sabe que existe uma espécie de Faixa de Gaza no bairro. Ela fica em uma avenida de nome pomposo, a Doutor Jayme da Fonte, que divide as comunidades Demônios da Ilha (ou Ilha Santa Teresinha) e Campo do Onze, onde historicamente há confrontos entre pessoas que brigam pelo controle do tráfico de drogas na região.

Considerado prioridade no Pacto pela Vida, o bairro passou dois anos sem homicídios e era festejado todo o tempo, citado como exemplo de combate à violência por parte do governo. A coisa, no entanto, mudou de figura e este ano sete pessoas já foram mortas no lugar, segundo a PM. Nos últimos 15 dias, os tiroteios também tomaram a área. No meio disso tudo, as crianças decidiram pedir paz para o bairro.

Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Foto: Nando Chiappetta/DP/D.A Press

Nessa sexta-feira, pintaram a Faixa de Gaza com palavras como amor e paz. Agora, quem passar pela avenida vai lembrar que no Recife e em Pernambuco a guerra continua. Mesmo que muitos não queiram ou mesmo não possam ouvir o som dos tiros que assustam meninos e meninas do bairro, desta vez vão ter condiçõs de ler o pedido de socorro no asfalto. As crianças de Santo Amaro agradecem a atenção.

Filho de ex-deputado assassinado no Bonsucesso, em Olinda

O estudante Lenin Linhares Moura, de apenas 15 anos, foi assassinado a tiros na noite dessa sexta-feira, no bairro do Bonsucesso, em Olinda. Lenin, que é filho do ex-deputado estadual e atual secretário de governo de Olinda, Luciano Moura (PCdoB), estava com mais dois amigos quando foi executado.

Lenin tinha 15 anos. Foto: Reprodução Facebook

Lenin tinha 15 anos. Foto: Reprodução Facebook

Segundo a polícia, dois homens em uma moto amarela chegaram e mandaram os três jovens se abaixarem. Apenas Lenin foi atingido pelos disparos. O corpo do garoto foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no bairro de Santo Amaro. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) começou a investigar o crime. O caso foi registrado pelo delegado Wagner Domingues.

De acordo com o secretário de Defesa Social, Wilson Damázio, a polícia trabalha com a possibilidade de prender os suspeitos em até 48 horas. “Caso isso não aconteça o inquérito vai ser distribuído para a delegacia responsável pela área. Ainda não sabemos o que motivou o assassinato”, afirmou Damázio.

Leia mais sobre o assunto em:

Polícia procura suspeitos de matar filho do ex-deputado Luciano Moura

Abertas inscrições para V Simpósio Forense em São Paulo

Nos dias 28, 29 e 30 de novembro de 2013, acontecerá o V Simpósio Forense, “Edição Especial CSI”, na cidade de Ribeirão Preto – SP.

O I Simpósio Forense foi realizado em 2009, e desde então tem ocorrido anualmente sempre com a organização de docentes e alunos do IPEBJ – Instituto Paulista de Estudos Bioéticos e Jurídicos, instituição responsável pela implementação do primeiro curso de pós-graduação em Ciências Forenses do estado de São Paulo e do primeiro e único curso de pós-graduação em Criminal Profiling do Brasil.

O objetivo principal do evento é promover um fórum de discussão dos avanços das Ciências Forenses por meio de conferências, palestras, palestras técnicas, minicursos, apresentação de trabalhos na forma de pôster e pela convivência entre todos os participantes nas conversas, discussões e programações sociais promovidos durante o evento.

Este ano a novidade está por conta da programação especial focada na Análise de Cena de Crime. Os participantes terão a experiência de vivenciar o dia a dia dos peritos criminais, assim como acontece nas famosas sérias “CSI – Miami / NY”, “Criminal Minds”, “Lie to Me”, apenas para citar algumas.

O V Simpósio Fornense contará com a participação dos melhores profissionais do Brasil na área das Ciências Forenses, dentre eles, peritos criminais, psicólogos invetigativos, promotores de justiça, especialistas em odontologia legal, psiquiatras forense, advogados, criminólogos, entre outros.

As inscrição estão abertas e são realizadas através do website www.ipebj.com.br. As vagas são limitadas.

Conheça os palestrantes

Programação:

28/11
Balística Forense – Curso Prático/Teórico
CSI – Análise de Cena de Crime – Curso Prático/Teórico

29/11
Cadeira de Custódia na Perícia Criminal
Antropologia e Arqueologia Forense na Identificação de Desaparecidos
Ciclo de Palestras – Crime “Não” Organizado
Ciclo de Palestras – “Crime Scene Investigation” – Análise de Cena de Crime
Debate Criminal – Serial Killer – Doença Mental e Psicopatia no Banco dos Réus – Casos Concretos

30/11
Identificação Humana em Situações de Desastres (DVI) pela Metodologia da INTERPOL
Ciclo e Palestras – Evidências Linguísticas na Identificação Criminal: A Ciência da Comunicação nos Órgãos de Inteligência
Debate Forense – Banco de Dados de Criminosos como Apoio na Identificação Criminal

Contatos:

IPEBJ – www.ipebj.com.br
ipebj@ipebj.com.br

 

 

Jogo virtual ajuda os pequenos a identificarem boas e más ações

Ben é um personagem fictício que busca fazer o melhor por aqueles que cruzam seu caminho. Quando presencia alguém praticando bullying contra uma criança obesa, escolhe ficar na companhia dela no lugar de seguir com a turma de amigos. Se testemunha um idoso tentando atravessar a rua sozinho, aproxima-se e ajuda no percurso. Cenas corriqueiras, que são parte de nosso cenário real, mas que nem sempre recebem a atenção que deveriam ter.

Arthur e Heitor Santos, de 4 e 3 anos, aprovaram o jogo e, apesar da pouca idade, acertaram todas as respostas (CRISTIANE SILVA/ESP.DP/D.A PRESS)

Escolher entre o certo e o errado pode parecer simples, mas às vezes o discurso fica só na teoria. E as crianças podem fazer a diferença caso aprendam desde cedo a praticar a chamada cultura de paz. Baseada em uma experiência desenvolvida de forma pioneira na Colômbia, a equipe da Secretaria de Segurança Urbana do Recife criou o jogo virtual A turma do Ben. Com leves toques na tela de um tablet, meninos e meninas de até 12 anos avançam no jogo quando optam por ajudar o próximo. Se a escolha é inversa, a brincadeira volta para o início. Quando ganham o desafio, ficam imunizados contra a violência. É algo como uma vacina do bem.

A ideia será lançada no Dia das Crianças, neste sábado, no Parque da Jaqueira e em mais quatro pontos da capital (Parque 13 de Maio, Parque Dois Irmãos, Parque Dona Lindu e Academia das Cidades dos Torrões). Cerca de 15 mil meninos e meninas deverão ser “imunizados”. “Especialistas afirmam que a idade crucial para a formação cidadã está entre 1 e 7 anos. Se a criança cresce em um ambiente de agressão familiar ou de uso de drogas, por exemplo, tenderá a repetir o comportamento mais tarde”, analisou o secretário Murilo Cavalcanti. A brincadeira estará disponível para as famílias das 8h às 17h.